SEMPRE É TEMPO DE APRENDER E ENSINAR

I – JUSTIFICATIVAS

                  Quando temos um olhar sensível em relação à pessoa idosa, podemos perceber que a grande maioria não está tão feliz assim com a própria condição em razão das mudanças do ritmo e modo de vida se comparados há tempos anteriores, e não necessariamente por causa da idade avançada.

                   A ideia de “melhor idade”, portanto, nem sempre corresponde ao que se divulga em nossa sociedade. Melhor idade deve ter uma relação direta com melhor momento de vida, independente da faixa etária, pois o que nos torna felizes, quase sempre é o fato de nos sentirmos úteis, ativos, desafiados, com metas a serem alcançadas.

                  Nesse sentido, é que o trabalho psicopedagógico com idosos tem uma importância fundamental. É necessário que o idoso seja apoiado a reconstruir a imagem que foi construindo de si mesmo a partir do momento em que foi se sentindo fora do contexto de vida anterior, seja porque se aposentou, porque perdeu amigos e parentes valiosos, porque percebeu que os mais jovens não o entendem ou porque não acredita mais em seu potencial em razão da memória que às vezes falha.

                  A intervenção psicopedagógica é positiva para resgatar as perdas ocorridas no processo de envelhecimento em função de elementos da nossa cultura, que não tem o hábito de valorizar a experiência de vida das pessoas que já viveram mais ou em função de deficiências em nível orgânico, naturais da faixa etária.

                  Durante os atendimentos, individuais ou coletivos, o idoso expressará seus desejos, suas conquistas, suas ansiedades, seus medos, suas inquietudes. Na troca sob a intervenção de um profissional que o compreenda e que se disponha a apoiá-lo a superar suas dificuldades, ele terá a oportunidade de se enxergar como ser que ainda pode produzir para a família, para a sociedade e, mais do que isso, para si mesmo, consciente da sua importância enquanto cidadão que ainda tem muito a realizar

                  O atendimento psicopedagógico, por ter olhares duplos, ou seja, atentos aos aspectos emocionais e cognitivos do ser humano, pode contribuir muito para que a tão falada “terceira idade” não se resuma a uma experiência de ociosidade e de isolamento, mas ao contrário, represente inúmeras possibilidades de realizações pessoal, interpessoal e social. 

II – INFORMAÇÕES GERAIS

  1. 1.     NOME DO PROJETO:

Sempre é tempo de aprender e ensinar

  1. 2.     PÚBLICO ALVO:

Pessoas com mais de 60 anos de idade

  1. 3.     MOTIVAÇÃO:

Percepção de que a pessoa idosa tem a necessidade de retomar processos cognitivos e psicomotores a partir de intervenções especializadas.

  1. 4.     OBJETIVOS:
  • Estimular o cérebro da pessoa idosa por meio de desafios diversificados, proporcionando novas sinapses e incitando a produção de neurônios;
  • Reativar a memória com exercícios (leitura, a dança, os jogos, o canto, o tocar um instrumento, atividades manuais).
  • Retomar aprendizagens construídas no decorrer da vida por meio de debates;
  • Compartilhar experiências pessoais positivas e negativas, discutindo formas de evita-las ou fortifica-las;
  •  Produzir trabalhos a partir da utilização de tecnologias midiáticas;
  •  Realizar movimentos corporais de natureza leve, sob a orientação de profissional de Educação Física e Fisioterapeuta, garantindo a melhoria do desempenho físico.
  1. 5.     ORGANIZAÇÃO:
  • Atendimentos Individuais e coletivos, com grupos de quatro idosos com periodicidade semanal; e coletivos com periodicidade mensal.
  1. 6.     LOCAIS DE ATENDIMENTO:
  •  Espaço Clínico para encontros individuais e coletivos de até quatro idosos.
  •  Espaço Escolar para encontros coletivos para troca de experiências e palestras.
  •   Espaço Aberto como parques e quadras para momentos de lazer e movimentos físicos.

 

  1. 7.     FORMAS DE CONTRATAÇÃO:
  •  Pacotes Mensais ou Semestrais, com pagamento antecipado via cheque, depósito bancário ou cartão de crédito.
  1. 8.     CATEGORIA/CUSTO DOS SERVIÇOS:
  • CATEGORIA GLOBAL: Atendimento psicopedagógico individual e recreativo (2 mensais), em grupos de quatro pessoas (4 mensais), participações em eventos em espaços abertos (mensal). R$ 570,00.
  • CATEGORIA INDIVIDUAL:

Um atendimento semanal: ……………………………………………………………………R$ 400,00.

Dois atendimentos semanais: ……………………………………………………………….R$ 520,00.

  1. 9.     HORÁRIOS DE ATENDIMENTO:
  • Atendimentos Individuais e até quatro pessoas:

- Atenderemos nas terças (das 8h às 12h) e quartas (das 10h30 às 13h); segunda, quarta e sexta, das 18h às 20h30.

  • Atendimentos coletivos em locais abertos:

- Sempre aos sábados, uma vez por mês, comunicado previamente, com definição de local.

III – PARTICIPAÇÃO DA FAMÍLIA NO PROCESSO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO AO IDOSO:

                  A participação na vida do idoso é fundamental, pois é a partir de um olhar mais atento que a família consegue perceber como ele se sente em relação ao seu meio de convivência, dessa forma, podendo intervir para apoiá-lo para uma vida mais feliz e saudável.

A intervenção clínica, portanto, deve estar aliada à intervenção familiar. Sendo assim, dentro da proposta de “categoria global”, a família poderá ser atendida uma vez por mês, via agendamento com a nossa equipe de atendimento. Durante o encontro, psicopedagoga e familiar discutirão estratégias para apoiar o idoso a superar possíveis dificuldades vivenciadas no momento e/ou potencializar situações favoráveis para uma vida mais positiva e tranquila.